Fanfiction: Os Cavaleiros do Zodíaco: A Batalha de Hefesto – Capítulo 2

A Batalha de Hefesto

Capítulo 2

Cena 5: Seika

Na manhã seguinte, Seika foi até o quarto de Seiya para ver como ele estava.

– Como está se sentindo, Seiya?

– Um pouco melhor, obrigado. Sabe, Seika, eu nem acredito que você está mesmo aqui. Procurei por você em todos os lugares e, no fim, foi a Marin que te encontrou.

– Marin ficou sabendo que uma moça com a idade e as características físicas que você tinhas descrito tinha perdido a memória e vivia numa vila nos arredores de Atenas. Então ela foi até lá e me encontrou. Eu só comecei a recobrar a memória mais tarde. Mas ainda há muitos espaços vazios na minha memória, muitas coisas de que não consigo me lembrar.

– Não se preocupe, Seika. Tenho certeza de que, com o tempo, sua memória vai acabar voltando.

– Talvez… Sabe, Seiya, a falta de memória nem me incomoda tanto, eu já me acostumei com ela. O problema é que tenho uma sensação estranha de que esqueci de algo muito importante… Mas isso não importa agora, o importante é que você está fora de perigo.

– Eu estou bem agora, mas como está a Saori?

– Eu ainda não falei com ela hoje. Quando falei com a enfermeira ontem à noite, ela me disse que a Sta. Saori estava bem, mas que estava exausta e precisava descansar. Mas, Seiya, será que pode me explicar o que aconteceu ontem? Num momento, você estava em coma e a Sta. Kido estava bem, no outro, você estava fora de perigo e ela estava desacordada.

– Eu também não sei muito bem o que aconteceu. Eu me lembro de estar vagando por um lugar muito escuro que parecia com as ruínas do Mundo dos Mortos. Eu caminhei muito até que comecei a cair. No meio da queda, eu senti o cosmo de Athena me envolvendo e me trazendo de volta. Acho que Saori fez um grande esforço para me trazer de volta à vida e por isso desmaiou.

Seika conversou mais um pouco com o seu irmão. Depois de afofar seu travesseiro e ajeitar suas cobertas, ela se despediu dele e foi visitar Hyoga. O Cavaleiro de Cisne já estava acordado e esperava sua chegada.

– Como estão o Seiya e a Saori?

– Eles estão bem. Mas a recuperação de Seiya foi um verdadeiro milagre. Os médicos disseram que ele não sobreviveria.

Eles até agora não entendem como ele recobrou a conciência.

– Eu senti o cosmo de Athena se expandindo logo antes do Seiya acordar.

– Seiya me disse que sentiu que o cosmo de Athena o salvou das portas da morte.

– Isso explica o desmaio da Saori. O corpo dela ainda não se recuperou totalmente do esforço da última batalha.

Eles conversaram ainda por um bom tempo, então Seika abriu as cortinas e as janelas para deixar o sol entrar e pegou o jarro de flores que estava ao lado da cama do Hyoga.

– Vou trocar a água das flores e já volto.

No caminho, ela passou pelo quarto de Shun e entrou. Ele estava começando a tomar o café da manhã que a enfermeira havia trazido. O Cavaleiro de Andrômeda pediu notícias de Seiya e ficou feliz em saber que ele se recuperava bem.
Seika então foi ao quarto de Ikki e o encontrou vazio. Ela deixou o vaso com as flores sobre a mesa de cabeceira e foi procurar uma enfermeira.

– Está tudo bem com o paciente do quarto 503?

– Vou levar o café da manhã dele agora – respondeu a enfermeira que empurrava um carrinho com as refeições matinais dos pacientes do andar.

– Mas ele não está no quarto. Você sabe se ele foi levado para fazer algum exame, por exemplo, ou se foi transferido de quarto?Mas a enfermeira não tinha informação de que nenhuma dessas coisas tivesse ocorrido. Depois de analisar o prontuário de Ikki e conversar com as outras enfermeiras, ela começou a parecer preocupada e foi procurar o médico de plantão.Vendo a porta do quarto de Shiryu aberta, a irmã de Seiya entrou e encontrou Shunrei a quem contou sobre o sumiço do Cavaleiro de Fênix. Shiryu, que ouvia a conversa enquanto escovava os dentes no banheiro do quarto, disse que ela não devia se preocupar com Ikki.

– O Ikki não fica muito tempo em lugar nenhum. Ele começa a se sentir preso e acaba indo embora. Não se preocupe com ele, provavelmente foi para o vulcão cuidar das feridas.

Como Shiryu e Shunrei não pareciam preocupados com o sumiço de Ikki, Seika decidiu que seria melhor também não não se preocupar e foi visitar Saori, cujo quarto se localizava no final do corredor. Entretanto, ao tentar entrar, foi barrada por um segurança da Fundação Graad, que afirmou que a Sta. Kido tinha dado ordens expressas para não ser incomodada. Seika achou que ela devia estar descansando e não insistiu para não incomodá-la. Poderiam conversar mais tarde, quando ela se sentisse melhor.

Cena 6: Saori

Durante todo aquele dia e nos dois subsequentes, seguranças que se revezavam em turnos, continuavam guardando a porta do quarto de Saori. Seika já não conseguia mais notícias da Sta. Kido através das enfermeiras e dos médicos. Ela não contou a Seiya o que estava acontecendo para não preocupá-lo, pois o estado de saúde dele ainda inspirava cuidados, mas decidiu conversar com Hyoga, que se mostrou preocupado.

– Já faz muito tempo que não sinto a proximidade do cosmo de Athena… Eu vou até lá com você. Precisamos saber como está a Saori. O estado de saúde dela pode ser pior do que nós imaginávamos.

O Cavaleiro de Cisne foi com Seika até a porta do quarto de Athena e exigiu entrar. Quando não foi atendido, segurou o segurança com uma das mãos e quebrou a porta com a outra. Ao entrar, eles descobriram que não havia ninguém lá.
Shiryu, que descansava no quarto ao lado, ouviu o barulho da porta sendo partida e foi até lá. Logo Shun também apareceu. Perplexos, eles interrogaram o segurança que, em pânico, jurou que não sabia de nada e que, durante o tempo em que estivera de guarda, ninguém entrara ou saíra do quarto. Os médicos e enfermeiros também desconheciam o paradeiro da Sta. Kido.

No meio de tanta confusão, Seiya, que dormia sob o efeito de sedativos, acabou despertando e indo até eles. Ele queria sair a procura de de Saori, mas se desequilibrou e só não caiu no chão porque foi amparado por Shun. O remédio que Seiya tinha tomado era forte demais e ele não conseguia se manter de pé. Shun, Shiryu e Hyoga levaram Seiya de volta para o quarto e o deixaram na companhia de Seika e Shunrei. Eles prometeram que procurariam por Saori e que, quando o efeito do remédio passasse, Seiya poderia se unir a eles.

Cena 7: Athena

Os Cavaleiros de Bronze foram até a Mansão Kido, mas Saori não estava lá e Tatsumi entrou em desespero ao saber de seu desaparecimento. O mordomo dos Kido os levou até o Escritório Central da Fundação, mas também lá o paradeiro da Sta. Kido era desconhecido.

Sem informações, Shiryu, Hyoga e Shun decidiram voltar ao hospital. Quando chegaram, encontraram Seiya desperto. O Cavaleiro de Pégaso estava muito inquieto e preocupado. Eles conversaram e chegaram a conclusão de que o melhor a fazer seria ir até o Santuário na Grécia. Eles pediriam à Marin, Shina, Kiki e os Cavaleiros de Bronze menores que os ajudassem a procurar Saori. Ela ainda estava se recuperando de muitos ferimentos, grande perda de sangue e um enorme desgaste físico e emocional causados pela última batalha. Os Cavaleiros tentavam não demonstrar, mas estavam aterrorizados pela ideia de que ela poderia ter sido sequestrada.

Um jatinho da Fundação Graad levou os Cavaleiros de Bronze. Foi só no dia seguinte que eles chegaram à Atenas na Grécia. Eles seguiram a pé até o Santuário. E quando finalmente chegaram, foram totalmente surpreendidos pelo que viram e sentiram. O cosmo de Athena, forte e brilhante, podia ser sentido à distância e o santuário, totalmente destruído na última batalha, estava de pé novamente, como se nada tivesse acontecido.

Foi então que eles encontraram os Cavaleiros de Bronze Menores. Questionados sobre Saori, eles disseram que ela simplesmente apareceu no Santuário, pediu que todos os cavaleiros se mantivessem a uma distância segura das ruínas do templo de Athena pelas próximas horas e que ninguém fosse a sua presença antes de se passarem 6 dias de sua chegada. Ela então se dirigiu ao local onde estavam localizadas as ruínas do que costumava ser o quarto de Athena. Depois de alguns minutos, seu poderoso cosmo cobriu todo o templo e ele começou a se reconstruir, como que por mágica.

Shiryu, após ouvir o relato com atenção, disse que já testemunhara uma cena parecida com essa no dia em que fora a Jamiel pela 1ª vez para pedir a Mu que consertasse as armaduras do Pégaso e do Dragão. Ele contou que viu Kiki no último andar de uma torre sem portas e, como o menino se recusou a descer para falar com ele, Shiryu ameaçou quebrar a torre, andar por andar, até que o menino estivesse à altura do chão. Logo que arrancou o 1º andar, Mu apareceu e, com seu cosmo, fez a torre voltar à sua forma original. Frente ao espanto de Shiryu, Mu explicou que ele depositara seu cosmo na torre e que, por esse motivo, ela estava viva e era parte dele, podendo ser reconstruída ou reparada por ele sempre que se danificasse, mesmo que estivesse em pedaços. O Cavaleiro de Dragão concluiu que o mesmo tinha ocorrido com o templo de Athena, já que se sabia que o grande cosmo de Athena habitava o templo era tão poderoso que impedia o uso de telecinese e outros superpoderes nas casas zodiacais.

Entretanto, depois de reconstruir todo o templo, Saori permaneceu no quarto de Athena e a atividade de seu cosmo, ao invés de diminuir, pareceu aumentar, expandindo cada vez mais. E Seiya e os outros decidiram ir até Athena pois, embora seu cosmo fosse o de uma deusa, seu corpo mortal ainda devia estar muito ferido e esgotado de pois da última batalha e todo este esforço poderia lhe custar a vida. Além disso, eles temiam que o fato de Saori ter partido sem avisá-los de nada poderia significar que outra batalha estava prestes a começar. Não podendo impedí-los de passar, como Athena havia pedido, os cavaleiros de bronze menores decidiram ir com eles.

Clique aqui para ler os outros capítulos.

Clique aqui para voltar à página principal.

 

~ por midorihoshi em março 28, 2011.

Uma resposta to “Fanfiction: Os Cavaleiros do Zodíaco: A Batalha de Hefesto – Capítulo 2”

  1. eu aduro pokemon Deise do 5 anos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: