Fanfiction: Card Captor Shoran – Capítulo 2

Card Captor Shoran

 

Capítulo 2

No dia seguinte

Shoran já tinha feito todos os preperativos necessários para sua partida, mas o livro que encontrara o tinha feito alterar seus planos. Ele cancelou sua passagem de avião e ligou para sua mãe para avisá-la do ocorrido e de que permaneceria no Japão até que o enigma do livro fosse desvendado.
A falta de informações sobre o livro que achara era desconcertante. Mas o mais estranho era o fato de a guardiã do livro insistir que Shoran era seu mestre e criador de um novo deque de cartas mágicas. A pedido de Shoran, Sakura se comprometera a escrever para Eriol pedindo informações. Shoran achava muito possível que tudo isso não passasse de mais uma brincadeira de mal gosto do mago Clow. De qualquer forma, se havia um novo livro mágico e novo um guardião, era muito provável que também houvesse novas cartas mágicas soltas por aí e prontas para causar problemas. O papel de Shoran, nesse caso, era iniciar a busca pelas cartas.

Apesar de tudo, Shoran devia confessar que, embora ainda estivesse atônito com os acontecimentos da véspera, não tinha ficado triste, muito pelo contrário. Agora ele tinha uma desculpa para permanecer no Japão e, mais do que isso, teria a chance de provar que poderia ser um card captor tão eficiente quanto Sakura e provar a si mesmo que poderia ter se tornado o valente dono das Cartas Clow, caso tivesse tido a chance.

Na escola

Na hora do recreio, Shoran e Sakura estupefatos:
– Que emocionante! – exclamou Tomoyo com os olhos brilhando – Um livro misterioso, cartas mágicas e uma graciosa guardião chamada Sakura! Oh, eu preciso conhecê-la! Tudo isso é como um sonho que se torna realidade. Logo, o bravo Shoran e a valente Sakura voltarão a se converter em card captors para salvar o mundo dos perigos e da destruição! – Tomoyo pegou as mãos de Sakura e de Shoran e as uniu entre as suas – Vocês precisam me deixam fazer parte de suas novas aventuras! – então olhou diretamente para Shoran – Por favor, permita que eu grave suas grandes façanhas como card captor!
– Bem, eu… não sei se… – Shoran não queria que Tomoyo o seguisse por todos os lugares. Também não se sentia confortável para admitir que não pretendia permitir que Sakura o ajudasse a lacrar as cartas que pretensamente exstiam. Entretanto, não podia ser grosseiro com Tomoyo, pois ela era uma boa pessoa e sempre tinha sido gentil com ele. Além do mais, tinha certeza de que Tomoyo era o tipo de pessoa que não aceitava um não como resposta quando o assunto eram filmagens e roupas espalhafatosas.- Tá…
– Que bom! – Exclamou Tomoyo, tomada pela euforia e com os olhos brilhando itensamente de felicidade – Farei belas roupas para vocês dois e gravarei cada passo que derem na busca das Cartas Shoran.
Shoran já estava arrependido de ter concordado com o pedido de Tomoyo e ia tentar voltar atrás quando ela o interrompeu.
– Quando poderei conhecer a pequena Sakura, guardiã do livro?
– Podem vir à minha casa depois da aula. Mas devo avisar que ela é um pouco temperamental. Tive muito trabalho para deixá-la em casa esta manhã. Ela queria vir comigo a qualquer custo e disse que tinha medo de que eu a abandonasse. Eu disse que tinha que ir a escola e que retornaria no fim do dia, mas ela pareceu surpresa e afirmou que nunca antes eu fora à escola. É realmente muito incômodo ouví-la dizer, o tempo todo, que estou com amnésia. Mas o pior é que ela parece saber tudo sobre mim e sobre as Cartas Clow. Eu não entendo…
– Não se preocupe, Shoran – disse Sakura – Provavelmente você terá a resposta para suas perguntas quando tiver encontrado as cartas desaparecidas. Além do mais, você pode contar com o meu apoio e também do Kero e do Yue. Você me ajudou muito com as Cartas Clow e com as Cartas Sakura e quero que saiba que farei tudo o que estiver ao meu lcance para retribuir a ajuda que me deu – Sakura olhava para Shoran com olhos gentis, assim como ele a ela.
“Minha doce Sakura” era o que Shoram queria dizer a ela, mas são disse. Se ela soubesse o que ele sentia, provavelmente não agiria assim. Certamente não se sentiria a vontade para conversar com ele como fazio agora e como tinha feito quando contou a ele sobre Yukito. Ela certamente teria medo de magoá-lo e não saberia o que dizer. Também não o olharia daquela forma gentil, com a alma e o coração abertos. Se pelo menos ela não tivesse conhecido Yukito, será que haveria espaço para Shoran em seu coração? Mas não adiantava pensar naquilo agora. A verdade é que ela conhecera Yukito e se apaixonara por ele e era certo que ele ainda morava em seu coração.
Se Shoran fosse mais poderoso, mais do que Clow, mais do que Sakura, então talvez tivesse coragem para se declarar e lutar polo amor dela. Entretanto, nesse momento, não poderia pedir que ela o amasse. Ela era uma menina sem nenhum treinamento na arte da magia que capturara todas as Cartas Clow e as transformara em Cartas Sakura com seus próprios poderes. E quem era ele? Ele era alguém que fora treinado em artes marciais e magia desde de que se conhecia por gente e que ainda assim, tinha falhado em capturar as Cartas Clow, além de ter precisado da ajuda dela para lutar contra as cartas em incontáveis ocasiões. Embora Sakura dissesse que essas coisas não eram imporantes, que ele tinha muito mais conhecimento do que ela e que o apoio dele tinha sido fundamental para que ela cumprisse sua missão, Shoran sabia que isso não era verdade. Ela teria sido capaz de fazer tudo sem ele, mas ele não achava que a recíproca fosse verdadeira. Por tudo isso, Shoran estava decidido a colocar todo o seu empenho na tarefa de capturar as tais Cartas Shoran, a fim de provar para si e para ela de que era capaz de controlar tanta magia quanto o mestre das Cartas Clow.

Casa do Shoran

Depois da aula, Tomoyo e sakura foram com Shoran até a sua casa. Chegando lá, encontraram a graciosa coelhinha branca.
– Mestre Shoran! – a coelhinha viu Shoran e voou na direção de seu mestre, abraçando-o – O senhor voltou como havia prometido! Estou tão feliz que esteja de volta!
– Por favor, já pedi pra não ficar me abraçando o tempo todo – pediu Shoran, envergonhado, enquanto Tomoyo ria da reação da coelhinha, que não queria soltá-lo.
– Mas que linda! – exclamou Tomoyo – É um prazer conhecê-la. Meu nome é Tomoyo Daidouji – disse ela se curvando em reverência à pequena coelhinha, a qual retribuiu o cumprimento.
– Muito prazer. Meu nome é Sakura, guardiã das Cartas Shoran.
– Estou encantada em conhecê-la. Você é muito linda, Sakura, e vai ficar ainda mais graciosa com um belo laço de fita, uma flor ou uma gola rendada. A partir de agora terei duas Sakuras para vestir. Mal posso me conter de tanta felicidade! – disse Tomoyo, tomando medidas da coelhinha e anotando em um bloquinho. – Mas antes de pensar em suas roupas, temos que decidir como vamos chamá-la.
– Devem me chamar de Sakura, pois foi esse o nome que o meu mestre Shoran me deu.
– Já disse que não fiz nada disso – Shoran resmungou baixinho depois de ficar envergonhado.
– Bem, eu sei que seu nome é Sakura, mas o da minha amiga aqui também é – disse Tomoyo apontando para Sakura Kinomoto – e isso pode confundir um pouco as coisas. Deixe-me pensar… Deve ser um nome curto e gracioso… Já sei! Que tal Ura-chan?
– Ura-chan?
– Bem, Ura é a segunda metade de Sakura. Assim você mantém parte do seu nome e evita confusões.
_ Mas o meu mestre Shoran disse que gosta muito do nome Sakura…
– Ura-chan está ótimo! – disse Shoran corando.
– Tem certeza, mestre?
– Claro! Ura-chan é um belo nome e combina com você! – Shoran estava louco para encerrar esse assunto porque a coelhinha não parava de falar o quanto ele gostava de Sakura e de seu nome.
– Bem, se o meu mestre quer assim, então está certo, serei Ura-chan – disse a coelhinha alada abraçando Shoran.

Clique aqui para ler os outros capítulos

Fanfiction é um texto de ficção escrito por fãs como forma de divulgar suas séries favoritas.
Card Captor Sakura e todas as suas personagens são de propriedade do CLAMP.
O presente blog não tem fins lucrativos.

~ por midorihoshi em novembro 14, 2010.

2 Respostas to “Fanfiction: Card Captor Shoran – Capítulo 2”

  1. Eder,
    Muito obrigada por continuar acompanhando! Fico muito feliz!!!
    Obrigada pela visita e volte sempre!
    Midori Hoshi

  2. Tive um tempinho livre e ja estou aqui. Outro ótimo capitulo, parabens Midori Hoshi esta realmente muito interessante.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: